Conversor digital bolsa família: Saiba mais

Conversor digital bolsa família – A realidade da transmissão televisiva no Brasil mudou nos últimos tempos. Com a desativação do sinal analógico e a adesão por todas as emissoras a este novo sistema, muitas televisões mais antigas perderam a capacidade de transmitir o sinal aberto e gratuito sem um conversor digital.

Como o governo federal está estendo uma rede de proteção social para os mais necessitados, o conversor digital Bolsa família se tornou uma realidade.

Vamos falar mais sobre o que é o conversor digital Bolsa Família, o que significa essa mudança de tecnologia, como conseguir o seu e outros procedimentos que você precisa fazer para estarconectada a esta nova tecnologia.

Antena Digital Bolsa Família: é real?

Sim! O programa Bolsa família está associado para trazer a qualidade da TV digital para a sua casa por meio destes conversores digitais e antenas. Para isso, basta cumprir os pré-requisitos que iremos citar abaixo e fazer a instalação do kit na sua casa, que é bem simples e rápida.

Para que serve o conversor digital?

O Conversor digital é indispensável para adaptar televisões antigas para receber o novo sinal digital sem a necessidade de nenhum tipo de TV por assinatura. Por meio de uma antena UHF e um conversor digital, a residência passa a ter acesso ao sinal digital gratuito das emissoras de TV aberta.

Sem o conversor digital nenhuma das televisões mais antigas conseguirá captar aprogramação, já que o sinal analógico foi desativado, e não retornará. Isso oferece mais nitidez e mais qualidade de imagem e som para a sua casa.

Isto não irá acontecer com os modelos de TV mais recente, que já possuem os conversores digitais inclusos em sua configuração. Isto é apenas necessário nas televisões de tubo, mas antigas e sem nenhum tipo de preparação para a nova tecnologia.

Quem tem direito ao conversor digital Bolsa família?

Prioritariamente todas as famílias que recebem o Bolsa família tem direito ao conversor digital Bolsa família. Pode acontecer de, eventualmente, famílias que não recebem o benefício do Bolsa família mas estejam cadastrados no Cadastro único recebam o conversor digital Bolsa  família.

Conversor Digital Bolsa Família

Sabendo disso, o procedimento de requisição e retirada do conversor digital Bolsa família é simples e eficiente, bastando fazê-lo pela internet, por meio do telefone (147), e agendando o melhor dia e horário para a retirada do Kit.  A instalação do Kit fica totalmente sob responsabilidade da família.

Documentos necessários para ter o Conversor digital Bolsa Família

Para fazer a requisição do seu kit conversor, é necessário apresentar a documentação do responsável pela família (geralmente a mulher). Para as requisições online, basta o número do NIS.

Como você pode ver, existe grande facilidade para esta requisição, e na retirada do conversor digital Bolsa família o necessário é apresentar o cartão cidadão ou, no máximo, um documento com foto para confirmação de identidade.

Conversor Digital para beneficiários Bolsa Família

Este conversor digital para beneficiários Bolsa família está fazendo muito sucesso, especialmente nas comunidades mais humildes, onde a possibilidade de qualquer TV por assinatura passa longe da realidade.

Além disso, a qualidade da imagem e do som é uma grande vantagem para a família, que terá menos interferência a sua programação, promovendo entretenimento praticamente gratuito para o trabalhador brasileiro em dificuldades financeiras.

Uma das maiores vantagens com este conversor digital é que a família não precisará atualizar a televisão da casa sem a real necessidade, embora a grande desvantagem é que com este kit, apenas uma TV fica disponível com o sinal em questão, sendo que as outras podem, no máximo ser usadas como ponto escravo (apenas retransmitindo o que a TV onde o sinal original está sintonizado).

Conversor digital bolsa família: Saiba mais
5 (100%) 1 vote

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *