Bolsa Família 2015

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsa Família 2015

Veja aqui todas as informações sobre o programa Bolsa Família 2015.

Considerado o maior programa de transferência de renda da história do Brasil, o Bolsa Família se tornou referência mundial no combate à fome e a pobreza, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). O programa prega o acesso aos direitos sociais básicos – saúde, alimentação, educação e assistência social.

Parte integrante do Plano Brasil Sem Miséria, o programa foi instituído pela Lei 10.836/2004 e regulamentado pelo Decreto nº 5.209/2004. Para que todas as regiões tenha acesso, o sistema é descentralizado e compartilhado entre a União, estados, Distrito Federal e municípios. Dessa forma, é possível promover um trabalho em conjunto para aperfeiçoar, ampliar e fiscalizar a execução.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social das famílias em situação de maior pobreza no país, o governo federal concede, por meio do programa, benefícios mensais em dinheiro para famílias mais necessitadas.

O saque é feito com cartão magnético e o valor repassado depende do tamanho da família, da idade dos seus membros e da sua renda. No entanto, o teto estabelecido é de mil reais. O programa traz, ainda, benefícios específicos para famílias com crianças, jovens até 17 anos, gestantes e mães que amamentam.

Ao todo, o Bolsa Família possui três eixos principais:

• Transferência de renda promove o alívio imediato da pobreza;
• As condicionalidades que reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social;
• As ações e programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.

 Bolsa Família

Bolsa Família 2015

As datas de pagamento e os valores do programa para o ano de 2015 ainda não foram divulgadas oficialmente no site do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. As informações devem ser divulgadas no início do ano.
No entanto, de acordo com dados divulgados pelo Ministério, para o ano de 2015 a estimativa é que o reajuste no programa custe 2,7 bilhões para o governo.

Como participar do Bolsa Família

Podem participar do Bolsa Família as famílias com renda mensal de até R$ 140 por pessoa e estiverem cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais. A renda da família é calculada a partir da soma do dinheiro que todas as pessoas da casa ganham por mês; valor que deve ser dividido pelo número de pessoas que vivem na casa para obter a renda por pessoa.

É importante ressaltar que as famílias que possuem renda mensal entre R$ 77 e R$ 154 por pessoa somente podem ingressar caso tenham crianças ou adolescentes de até 17 anos. Já as famílias com renda mensal de até R$ 77,00 por pessoa podem participar do Bolsa Família, independente da idade dos membros da família.

Caso a família se encaixe em uma das faixas definidas, deve procurar o setor responsável pelo Programa no município ou o gestor municipal, munido de documentos de identificação (título de eleitor ou CPF), para se cadastrar no Cadastro Único.

24 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao continuar navegando neste website você está aceitando a nossa Política de Privacidade, que explica como seus dados podem ser usados para melhorar sua experiência e como serão protegidos Mais Informações .
FECHAR
Privacy settings ×